João Pessoa, 17-12-2017

Bodas de Prata de uma trupe que marcou época


O projeto PARAÍBA CINE SENHOR depois de passar por Monteiro chega agora na bonita e histórica cidade de Areia. Durante os próximos nove dias a cidade vai respirar cinema e se preparar para as oficinas que serão oferecidas. “A expectativa é das melhores possíveis, acho que vai ser tudo muito bem feito”, destaca Shilon Gama Coordenadora Pedagógica do projeto.

As oficinas serão realizadas no Centro Social Pio XII e as exibições dos filmes acontecerão no centenário Teatro Minerva. A Mostra de Cinema Nacional, uma das ramificações do projeto começa as nove hora da manhã da segunda-feira dia 12 com a exibição do filme que marcou a retomada da produção nacional após o furacão Collor de Melo, Carlota Joaquina – A Princeza do Brasil de Carla Camuratti e prossegue até a sexta-feira seguinte.



            Já a noite, no mesmo local, será a vez da Mostra Paraibana de Produções Audiovisuais, que excepcionalmente na segunda exibirá as produções Câmara – O Que eu Sei Contar é Isso de Lúcio Vilar e Adilson Luis Silva e O Fazedor de Filmes de Arthur Lins e Ely Marques com debate de Shirley Martins, que ministrará a oficina de direção.


O projeto PARAÍBA CINE SENHOR é patrocinado pela Petrobras e conta em sua realização com o apoio da Empresa de Serviços Culturais, da Universidade Federal da Paraíba, através da Coordenação de Extensão Cultural (COEX), da Prefeitura Municipal de Areia, do Departamento de Comunicação e Turismo da UFPB, do Serviço Social do Comércio (SESC), do Fest Aruanda, do Núcleo de Estudos, Pesquisas e Produção Audiovisual (NEPAU) e da Associação Brasileira de Documentaristas (ABD-PB).



Untitled Document

Escrita Livre © Todos os direitos reservados.